Toda vez que ouvimos afirmações que criam uma sensação ou, ao contrário, parecem óbvias, podemos ter certeza de que a boca da qual elas chegaram é a de Michael Pachter, o conhecido analista de mercado.

Durante entrevista concedida a GamingBolt, na verdade, Pachter relacionou oanexar taxas do exclusivo Nintendo com aqueles Sony, declarando que o primeiro supera o último, que não tem esperança de competir com os da Nintendo Switch.

Deve ser enfatizado que o analista não fala de qualidade per se, mas quanto os exclusivos são decisivos na compra ou não do Nintendo Switch ou PlayStation 4:

Uma das vantagens da Nintendo é a falta da presença de jogos de terceiros: Desde que você pode comprar jogos como Call of Duty, Battlefield ou GTA, é mais limitado na escolha e, portanto, os usuários, inevitavelmente, irá decidir comprar o Nintendo exclusivo .

No PlayStation 4 é diferente: há muito mais competição e, por exemplo, um exclusivo como God of War tem que competir com muitos outros títulos. Portanto, é mais difícil emergir e, no final, é uma situação que sai pela culatra; paradoxalmente, com a Nintendo a falta de suporte de terceiros se torna um ponto forte.

Falando por exemplo de The Legend of Zelda, provavelmente tem uma taxa de anexação de 80%, muito poucos decidem comprar Switch sem Zelda. Nesse sentido, não há escapatória para os jogos da Sony.

Nada de novo ou errado, segundo Pachter no PlayStation 4, há muito mais opções e, entre os muitos títulos, é mais difícil destacar o exclusivo, embora de qualidade. Discurso completamente oposto para a Nintendo, em que o menor apoio dos terceiros permite que os exclusivos sejam muito mais presentes nas casas dos proprietários da Nintendo Switch.