Os tempos em que todos tinham um PlayStation modificado estão muito longe: hoje com consoles perpetuamente conectados à internet, atualizações de firmware e vários recursos, é cada vez mais difícil recorrer ao chamado “fuga de presos".

Difícil, mas não impossível, tanto que um usuário ainda tem vendeu alguns PlayStation 4s modificados, completo com jogos pré-instalados, no eBay. Obviamente, a Sony não assistiu e trouxe a causa Eric David Scales, um homem da Califórnia, pelo motivo acima mencionado, mas sem fúria contra ele. O pedido da empresa japonesa é, de facto, só dólares 20.000, incluindo dólares 16.800 por violação de DMCA e outros dólares 3.500 para custas judiciais.

A Sony, portanto, solicitou o "mínimo" imposto por lei, limitando-se às penalidades previstas pela violação do DMCA que é 800 dólares para cada console e 200 dólares para cada jogo pirateado, que neste caso foram bem 76.

Um tipo de aviso para todos aqueles que têm intenções semelhantes a Eric Davis Scales, mais do que uma causa real para ficar rico.