Jay Frechette, gerente comunitário de Respawn, publicou em Reddit uma mensagem em que ele declara as ações empreendidas até agora contra o traidores e uma visão geral do que será feito no futuro.

"Até o momento, banimos os 335.000 PCs via Easy-Anti-Cheat. O serviço funciona, mas a batalha contra os trapaceiros é algo que vamos levar adiante e em que devemos estar vigilantes. Levamos o assunto muito a sério e nos preocupamos com a saúde da Apex Legends "

Parece claro, então, que Respawn não tem intenção de ir para lá de forma leve e também vai pedir a ajuda dos mesmos usuários no relato de jogadores suspeitos.