Se ontem foi o dia do Death Stranding, hoje é certamente o dia do novo capítulo da mais famosa saga de FPS no mundo: Call of Duty: Modern Warfare. Junto com o lançamento do trailer, muita informação foi revelada, como a data de lançamento e muito mais. Vamos ver um de cada vez.

Primeiro de tudo, como amplamente esperado (e esperado por muitos), COD: Modern Warfare não será uma continuação da saga, mas uma "reinicialização" dos dois capítulos mais apreciados de toda a série. Nenhuma merda futurista, saltos duplos ou super poderes, por assim dizer.
O jogo é desenvolvido pela empresa de software histórica Infinity Ward, apoiado desta vez por estudos Beenox e Software Raven.
Como COD: BO 4, Call of Duty: Modern Warfare será exclusivo para o Battle.net e será disponível a partir de 25 outubro. Aqui está o primeiro trailer oficial:

No Battle.net será possível comprar o jogo em uma das três versões disponíveis: la Standard Edition, ao custo de dolares 60; o Operator Edition ao custo de dolares 80; o operador Enhanced Edition ao custo de dolares 100. Ambos os operadores contêm conteúdo digital adicional.

Vamos agora nos voltar para algumas informações menos conhecidas, mas certamente muito importantes.
Primeiro de tudo, o novo COD: Modern Warfare apoiará jogo multi-plataforma. Os planos da equipe são permitir que jogadores de console e PC joguem juntos: veremos o que a Sony pensa.
Mas a verdadeira bomba vem agora: Call of Duty: Modern Warfare não terá nenhum tipo de passe de temporada. Como afirmado pela Activision para PC Gamer, "Estamos eliminando o passe tradicional da temporada, de modo a publicar mais mapas e conteúdo gratuito, mesmo após o lançamento".
Por último, mas não menos importante, a versão para PC suportará o DirectX Raytracing (DXR). Ainda não se sabe como e quanto raio será traçado; certamente você trabalhará com a Nvidia para melhor implementar todos os seus recursos.