De todos os jogos testados na 2019 gamescom, poucos foram os estratégicos. Entre estes, ferro Colheita é certamente um dos melhores em que conseguimos pôr as mãos.
O título existe há muito tempo nos jogos em desenvolvimento. Primeiro com algum patrocínio no Facebook, depois com o bem-sucedido Kickstarter até que eles se encontrassem, hoje, em um dos estandes mais importantes da gamescom.
Desenvolvido por KING Art Games e publicado por Deep Silver, pudemos experimentar o título com uma demonstração exclusiva. Aqui está o que pensamos sobre isso.

ferro Colheita
Colheita de ferro é definida no primeiro período pós-guerra, no chamado "1920 +", onde, além de soldados de infantaria, canhões e armas de fogo, nos campos de batalha, podemos encontrar mecânicos de todos os tipos e tamanhos. O mundo está sendo reconstruído, novas cidades estão sendo fundadas e a era da colheita de ferro começa no campo. Mas a paz não dura muito e uma nova ameaça paira sobre toda a Europa. Para enfrentar o perigo iminente, encontramos a três facções presentes no jogo: Polânia (Polônia), Império da Saxônia (Alemanha) e Rusviet (Rússia).
Cada facção tem três heróis, que não devem ser trocados por "super-unidades": cada herói tem suas habilidades específicas, que devem ser usadas no tempo certo e na situação certa para torná-las eficazes.
Falando em unidade, atenção especial deve ser dada à infantaria. De fato, não existe um tipo padrão de soldados simples: a infantaria pode trocar de equipamento com o que encontrar no campo de batalha. Se encontrarmos granadas, podemos ter granadeiros poderosos; se encontrarmos armas, poderemos ter soldados de médio e longo alcance e assim por diante. A estratégia e as possibilidades estão em constante evolução.
A demo mostrou um jogo particularmente difícil de gerenciar, onde a proteção das tropas desempenha um papel fundamental na conquista da vitória. Felizmente, o mapa vem em nosso auxílio: há muitos abrigos atrás dos quais podemos nos defender e, acima de tudo, dos quais podemos lançar ataques surpresa e emboscadas. Em algumas dinâmicas, a jogabilidade de Iron Harvest é uma reminiscência de Company of Heroes, outro marco do RTS.
ferro Colheita

Iron Harvest dá muita importância ao single player, com três campanhas únicas (uma por facção) e a possibilidade de criar escaramuças em cooperação. Obviamente, o multiplayer também tem sua parte, com o forte interesse de criar um jogo que queira ser competitivo e equilibrado.

Iron Harvest será lançado em setembro do 2020 para PC, PS4 e Xbox One. Quanto à versão para PC, os desenvolvedores afirmaram que desejam deixar a escolha completa para os usuários em que loja comprar. Por enquanto, de fato, assim como no Steam, a presença no GOG.com já é segura. Você trabalha para a Epic Store. Por fim, garanta DLC e atualizações gratuitas após o lançamento oficial.