Atsushi Inaba e Platinum Games continue sendo o centro das atenções. Após o caso The Wonderful 101 e declarações sobre Corrente Astral e escala encadernado, o produtor também comenta a possibilidade de usar o sistema de financiamento coletivo.

Inaba explicou que foi escolhido publicar o levantamento de fundos em kickstarter também para medir o interesse real da audiência. Além disso, os jogos Platinum só chegarão a esse tipo de solução posteriormente avaliações cuidadosas.

“Esse é um caso separado, não é uma questão de dinheiro, mas um pedido de participação do público para tornar esse projeto realidade. Portanto, no futuro, não se diz que ainda usaremos o crowdfunding. Mas, se houver, é uma opção que consideraremos "

Assim, abre-se um cenário em que Platinum Games não está mais obrigatoriamente vinculada ao financiamento de seus projetos pelas editoras, como no caso de Bayonetta.