Estamos em um período em que o luta contra o racismo chamou a atenção de todo o mundo e muitas pessoas entraram em campo para defender a igualdade e a igualdade de direitos. Enquanto isso, no universo de Red Dead Online, vários hackers começaram preencher servidores de jogos com membros da Ku Klux Klan, estritamente acompanhado por sentenças racistas. Além de denotar o mau gosto dos autores dessas invasões, os jogadores solicitaram uma ótima voz a intervenção de Rockstar Games, que finalmente decidiu ativar um sistema de prevenção específico.

Graças a um pequeno patch, os servidores agora têm a capacidade de filtrar os modelos que aparecem nos mapas quando um jogador se junta ao Red Dead Online. Se a aparência de NPC associado ao KKK, o sistema lá excluir instantaneamente. Embora esse problema pareça ter sido resolvido (junto com o do esqueletos de duas cabeças), A Rockstar Games ainda não terminou a batalha contra o apelidos racistas e insultos no chat, geralmente causados ​​pelos mesmos hackers que passam nos cheques. Mais uma vez, só podemos nos surpreender com a queda de certos jogadores.