Tal como acontece com muitos outros jogos online, também para Call of Duty trapaceiros são um problema, tanto no modo multijogador clássico Modern Warfare do que na lealdade de batalha de Warzone. Infinity Ward, responsável pelo desenvolvimento de ambos os títulos, no entanto, anunciou que desde a estreia de ambos os títulos mais de 200.000 contas foram banidas.

Este número vem da soma das proibições de ambos os jogos, mas a Activision não forneceu os dados para cada título individual. Ainda esta semana, a conta foi atualizada com outro 20.000 conta removido dos jogos por usar cheats.

A Infinity Ward também fez questão de enfatizar a continuação dessa política extremamente rígida em relação aos trapaceiros. Ao final do anúncio da nova conta total das proibições na verdade ele acrescentou que elas serão aplicadas novas medidas de segurança, sem contudo revelar os detalhes.

Embora possa parecer óbvio que os desenvolvedores de jogos têm uma política de tolerância zero contra trapaceiros, nem sempre é esse o caso. Há ocasiões em que soluções mais criativas são tentadas, como foi o caso do Mediatonic e o seu Ilha dos trapaceiros no outono. Visto como acabou, mão pesada ainda parece ser o melhor método para proteger um jogo daqueles que querem trapacear.