Em 27 de outubro, CD Projekt Red adiou o lançamento do Cyberpunk 2077 novamente. A nova data é 10 de dezembro, 21 dias após o anunciado anteriormente.

Os fãs do estúdio polonês foram bastante tolerantes com esses atrasos no passado, dispostos a esperar um pouco por um produto superior. Desta vez, porém, o anúncio causou reações adversas bastante violentas. 

De acordo com um tweet de Andrzej Zawadzki, designer de jogo sênior do projeto, alguns desenvolvedores do jogo teriam sofrido, ameaças de morte. No post Zawadzki apela à humanidade dos fãs, lembrando que mesmo quem trabalha por trás do Cyberpunk não passa de uma pessoa.

A raiva repentina seria exacerbada por um tweet pouco antes do anúncio do atraso no lançamento do jogo. O perfil Cyberpunk, sempre muito ativo nas respostas aos usuários, havia confirmado a data de lançamento em novembro.

Segundo Jason Schreier, Repórter da Bloomberg, este incidente seria devido ao fato de mesmo os funcionários da CD Projekt não estavam cientes da decisão antes de ser anunciado publicamente. A escolha de adiar o jogo seria mantida em segredo devido a algumas regras do mercado de ações.