Keiichiro Toyama, o cérebro por trás das sagas Silent Hill, Gravity Rush e Forbidden Siren, deixa a Sony para montar seu próprio estúdio.

O autor japonês decidiu deixar a Sony para fundar seu próprio estúdio independente: Bokeh Game Studio. Kazunobu Sato e Junya Okura, que trabalham com Toyama há anos, também se juntaram a ele neste novo projeto, deixando a empresa japonesa. Aqui está a mensagem de Keiichiro Toyama sobre o caso:

“Eu me separei da Sony depois de fazer parte dela por muito tempo, agora fundamos um novo estúdio de desenvolvimento. Olhando para trás, nada realmente mudou desde o primeiro dia em que entrei neste setor. Sempre quis que os jogadores gostassem de jogos criados a partir de ideias originais e, em segundo lugar, sempre quis me divertir criando esses jogos. Isso foi importante para mim. Felizmente, foi possível para mim e para o meu estúdio desenvolver muitos jogos, mas o mercado de jogos está em constante mudança. É por isso que eu mesmo senti a necessidade de uma mudança, o que me levou à decisão de me tornar um desenvolvedor independente. "

O primeiro projeto do recém-nascido Bokeh Game Studio (Boke vem do termo japonês "Bo-ke", usado para indicar desfoque de movimento) será um aventura de ação para várias plataformas, e o desenvolvimento pode levar cerca de dois a três anos.

Agora surge a pergunta: mas o fantasma Silent Hill para PS5?