Imediatamente depois Nvidia, também AMD manteve o usual keynote anual no CES 2021. Uma palestra apresentada pelo CEO usual da empresa Lisa Su e que estava totalmente focado nos novos processadores que chegam no mundo dos laptops e no campo das estações de trabalho.

A primeira novidade diz respeito aos processadores ultrabook, com a apresentação do Ryzen 5000 Mobile, uma linha de CPU dividida em Série H e Série U.

Durante a apresentação, atenção foi dada às modelos topo da gama de ambas as séries. Se com Ryzen 5700U estamos diante de uma CPU de 8 núcleos e 16 threads, com uma frequência impulsionável até 4.4 GHz; Ryzen 5900HX é um monstro de poder dedicado aos jogos com 8 núcleo, rosca 16, 20 MB de Cache L2 + L3 para uma frequência capaz de alcançar 4.6 GHz.

Não faltaram surpresas para os fãs de estação de trabalhodata center e supercomputador. Para eles, a AMD ofereceu uma pequena amostra de seu novo CPU Epyc Milan. Ainda não está claro a data de lançamento ou as especificações técnicas, mas Lisa Su confirmou que este novo CPU superará a concorrência em 68%.

O evento também contou com a presença de representantes de Lucasfilm, Equipe de Fórmula Um da Mercedes-AMG Petronas e Lenovo, todos grandes parceiros da AMD justamente nos setores que aproveitam essas CPUs de alto desempenho.