Vampiro: The Bloodlines Masquerade 2O projeto parece não encontrar paz Vampire: The Masquerade - Bloodlines 2, que foi posteriormente adiado, completo com um soco forte do Paradoxo. A editora decidiu, de fato, retirar do cargo a equipe encarregada do desenvolvimento, Hardsuit Labs, e mandar concluir o trabalho em um novo estúdio.

O jogo deveria ter visto a luz já no final de 2020, mas a data não foi cumprida devido a complicações oficialmente ligadas à pandemia em curso. No entanto, que entre Paradox e Hardsuit Labs ele não estava exatamente correndo bem, começamos a suspeitar disso em agosto passado, quando o diretor de criação Ka'ai Cluney ele deixou o projeto junto com o designer narrativo principal, Brian Mitsoda. As suspeitas foram, portanto, confirmadas hoje, com a editora que tomou a drástica decisão de intervir no projeto, retirando-o das mãos da antiga software house conhecida por Blacklight Retribution.

Mais uma vez Paradoxo aponta a pandemia como a principal causa do adiamentoMas o palavras com as quais isso é acompanhado deixe espaço para mais de uma dúvida:

“Decidimos que o Hardsuit Labs não vai mais liderar o desenvolvimento de Bloodlines 2 e já iniciamos uma parceria com um novo estúdio para concluir o trabalho no jogo. Foi uma decisão difícil, mas temos a convicção de que este é o caminho certo a seguir para fazer jus ao jogo ”.

Fãs do Mundo das Trevas eles terão, portanto, que esperar até 2022 para mergulhar em seu ambiente favorito. Ainda é curioso notar como Vampire: The Masquerade - Bloodlines 2 compartilha o mesmo caminho do primeiro capítulo, também vítima de um processo difícil para dizer o mínimo e publicado substancialmente incompleto no final de 2004 devido aos insistentes lembretes da Activision: a equipe de desenvolvimento Jogos da Troika, em grandes dificuldades econômicas, ele fecharia sua loja alguns meses após o lançamento.