Continuamos falando sobre o caso de A cidade em afundamento. Após o apelo do desenvolvedor Frogwares, que exortaram seus fãs a não comprarem a versão Steam do jogo de inspiração Lovecraftiana, um novo vídeo publicado pela software house traz a história sob uma luz completamente diferente, com Nacon acusado de ter rachadomodificadas colocado à venda a versão DRM-Free oferecida para venda em GamesPlanet.

De acordo com esta reconstrução, o editor francês teria comprou o jogo da GamesPlanet, usou a experiência no Unreal Engine da equipe de Neopic - equipe adquirida pela Nacon em 2020 - com o objetivo de descriptografar os arquivos do jogo, desative o sistema de publicidade que vinculava ao site GamesPlanet e substitua alguns logotipos presentes nos créditos do jogo. Assim que o magheggi terminasse, Nacon carregaria este versione rachado por The Sinking City no Steam, vendê-lo em territórios onde o jogo não estava inicialmente disponível e sem falar da origem desta nova versão para as lojas digitais.

Finalmente, este jogo Nacon vai contra a decisão do Sistema judiciário francês, que em dois recursos negou ao editor a oportunidade de redistribuir The Sinking City. Em suma, um grande negócio para Alain Falc, fundador da Nacon, que arrisca não apenas a remoção do jogo do Steam, mas também para passar alguns anos em prisões francesas.