Nos últimos anos Koei Tecmo expandiu seu estoque não apenas com novos títulos de suas marcas mais famosas (Dead or Alive, Dynasty Warriors, para citar alguns), mas também desenvolveu títulos de crossover sob licença, adaptando várias franquias (One Piece, The Legends of Zelda e Persona 5) para mecânicos de seu tipo mais lucrativo: o Musou. Em uma entrevista recente com o site Jogos JP, o presidente da Koei Hisashi Koinuma revelou que entre tudo isso bem de propriedade intelectual, consideraria intrigante um cruzamento ao estilo Musou com outra marca histórica da Nintendo: Super Mario.

Na verdade, a pergunta inicial do entrevistador estava relacionada a novos cruzamentos com outras franquias em geral, imaginando um capítulo de Musou da franquia Yakuza e propondo a Koinuma uma luta épica pelas ruas de Tóquio, estrelando Kazuma Kiryu e Goro Majima. Aqui está sua resposta:

“Se a série também funcionasse como um jogo de ação, com certeza seria possível. E embora não tenha nenhuma ideia no momento de como torná-lo realidade, acho que Mario seria minha escolha.

E você? Consegues ver um jogo Super Mario que abandona (ou retrabalha) o género de plataformas, misturando-o com a dinâmica caótica do Musou?