Remedy Entertainment, os criadores de Controlo, Alan Wake e Max Payne, já haviam anunciado que estavam trabalhando em dois novos projetos em colaboração com epic Games um dos quais deve ser um “jogo de plataforma cruzada AAA” e o outro um título menor, junto com um jogo de serviço ao vivo com o codinome Vanguard. Em um relatório corporativo trimestral divulgado hoje, CEO da Remedy Tero Virtala dito funciona em todos os três títulos, além das campanhas para um jogador em que o estúdio está trabalhando para CrossfireX e Crossfire HD, eles estão indo bem. Aqui estão as palavras do CEO:

“O projeto AAA triplo da Remedy com a Epic Games logo entrará em produção total e o segundo jogo em pequena escala continuará em modo de produção total. Quanto ao Vanguard, nosso projeto de jogo cooperativo free-to-play, definimos muitos dos elementos centrais do jogo. O desenvolvimento está avançando em um bom ritmo, os testes internos continuam e estamos iniciando a próxima fase. "

Tudo isso, para a Remedy, é novo. O estúdio era de fato especializado na criação de um único jogo por vez, mas nos últimos anos (e em particular com o sucesso do Controle e financiamento da Epic) foi capaz de expandir muito sua equipe a fim de se concentrar no desenvolvimento de múltiplos projetos ao mesmo tempo. A Virtala afirmou que o remédio importava 281 funcionários no final de março de 2021 e sta “Experimentar e avaliar novas formas de atrair e recrutar talentos”.

Não há mais informações sobre os próximos jogos. No momento sabemos com certeza que Crossfire é um jogo de tiro em primeira pessoa online muito famoso na Ásia e CrossfireX é o novo capítulo, atualmente confirmado para Xbox One e Xbox Series X / S, enquanto a publicação de Crossfire HD está planejada exclusivamente para o Mercado chinês. O diretor criativo da Remedy, Sam Lake, disse no ano passado que o estúdio está trabalhando em um novo jogo do "Remedy Connected Universe" que deverá ser Alan Wake 2, graças também às enormes pistas deixadas no último Control DLC, do qual você pode ler a crítica em seguinte link.