No mês passado, Konami mostrado pela primeira vez GetsuFumaDen: Lua Imortal, o remake do roguevania 2D original lançado pela primeira vez em Computador da família em 1987 atualmente disponível no Steam (acesso antecipado) e chegando 2022 su Nintendo Interruptor e desenvolvido em Outsourcing pelo desenvolvedor indie GuruGuru.

E falando apenas sobre a prática do Outsourcing, ou a terceirização do desenvolvimento de um projeto através da colaboração com empresas externas, em entrevista para o site JPGames o produtor do jogo Shin Murato motivou as razões por trás desta prática:

“Somos continuamente inspirados pelos vários títulos independentes e como eles conseguem produzir experiências inovadoras e emocionantes. Achamos que GetsuFumaDen poderia ser um IP interessante para trazer de volta à vida, seguindo essa abordagem independente, decidindo assim entrar em contato com o GuruGuru. Eles foram capazes de explorar novas abordagens que acreditamos que se encaixariam bem com este IP. Também ajudou o fato de que, dentro da equipe GuruGuru, havia fãs do GetsuFumaDen original. "

No final do artigo, Murato também sugeriu o investimento de longo prazo da Konami nessa prática de terceirizar seus IPs mais famosos:

"Falando sobre outras colaborações, nós o convidamos a aguardar a chegada de novos projetos como isso!"