ElyonEstúdio Bluehole ha anunciou grandes mudanças para seu novo MMORPG Elyon. O jogo vai de fato mudar o modelo econômico, passando para livre para jogar, e para se adaptar a essas mudanças levará um pouco mais de tempo, reposicionando a data de lançamento para 20 de outubro.

A escolha do estúdio coreano é sem dúvida considerada e necessária para colocar adequadamente o produto no mercado: nos últimos meses do ano haverá uma verdadeira briga no mundo dos MMORPGs e sem dúvida Elyon corria o risco de ser sufocado pelos lançamentos de New World, Lost Ark e a nova expansão de Final Fantasy XIV.

Embora a Arca Perdida fosse realmente adiado, o mais influente foi o adiamento do Novo Mundo, realocado para praticamente 24 horas de distância da saída Elyon e em um intervalo de tempo que, como resultado, o título coreano não poderia mais ocupar se quisesse evitar um efeito negativo em seu lançamento.

A Bluehole Studio afirmou que, apesar de considerar seu produto absolutamente competitivo, sabe perfeitamente que a abundância de opções não se encaixa perfeitamente no mercado de MMORPG e, portanto, também ouvindo o feedback recebido da comunidade no último Closed Beta, optou por adiar o lançamento do jogo por três semanas e atrair mais usuários adaptando-se ao modelo grátis.

Como a compra do jogo não é mais necessária, os proprietários dos diversos Pacote do Fundador será recompensado com moeda premium adicional para gastar na loja de itens do jogo e a capacidade de acessar servidores 72 horas antes do lançamento oficial. Por último, no que diz respeito à loja, a Bluehole confirmou que atualmente não tem intenção de fazer alterações na mesma, embora a Elyon já não exija que a compra seja jogada.