Conforme anunciado por Masahiro Sakurai durante o último Super Smash Bros. Ultimate dedicado a Sora, toda a saga de Kingdom Hearts chegará ao Nintendo Switch através de uma versão do jogo baseada na nuvem. A coleção incluirá todos os capítulos lançados até agora, exceto Melodia de Memórias, lançado anteriormente no console.

A escolha feita por A square Enix no entanto, tem despertado várias controvérsias dos fãs, decepcionados por não serem capazes de explorar o natureza híbrida do console para jogar as aventuras de Sora e seus companheiros em um formato portátil. Nesse sentido, o produtor da série Ichiro Hazama falou com os microfones de Nintendo Vida, investigando alguns antecedentes por trás do desenvolvimento desta nova versão dos jogos.

"Trazer esses títulos para o Nintendo Switch provou ser bastante difícil por vários motivos, incluindo limitações de memória de hardware, mas ainda estamos entusiasmados em poder trazê-los para o console pela primeira vez usando o serviço em nuvem."

Ainda não está claro se esses limites se referem às capacidades de memória do Nintendo Switch ou de seus cartuchos (ambos de 32 GB), porém o próprio Hazama reiterou que o desenvolvimento de um versão nativa de alguns jogos relacionados com a série ainda pode ser considerado.

“No momento, a produção de uma versão nativa permanece incerta. Acreditamos que a versão em nuvem é a melhor maneira de trazer a série Kindgom Hearts para o Nintendo Switch, mas estamos sempre prontos para ouvir o feedback de nossos fãs e queremos agradecê-los por seu apoio. "