George Cacioppo, até alguns dias vice-presidente e engenheiro da PlayStation Network desde 2013, ele foi demitido de seu cargo após ser pizzicato ad atrair sexualmente um menino de 15 anos.

Segundo o vídeo em questão, publicado pelo grupo americano antipedofilia Pessoas v. Pred, George entraria em contato com o garoto no popular aplicativo de namoro do Grindr e marcaria uma reunião luz vermelha por volta das 4 da manhã.

Juntamente com o vídeo, foram publicadas várias capturas de tela do bate-papo entre George e a criança, disponíveis temporariamente em um Arquivo do Google Drive.

A notícia foi então relatada por CNET, que posteriormente procurou a Sony para maiores esclarecimentos sobre o assunto. Aqui está a resposta de seu representante:

“Estamos cientes da situação e o funcionário em questão foi demitido”.

Falando com Kotaku, membros do grupo Pessoas v. Pred explicou as razões por trás da publicação do vídeo, quando questionado sobre a falha em relatar às autoridades locais.

“O departamento de polícia não trabalha com grupos cibernéticos como o nosso. E é aí que entra a Internet. "